Mudanças são inevitáveis. Existe um fluxo invisível que não nos permite seguir sempre o mesmo caminho. Nada permanece intacto. Nem as nossas convicções, as nossas idéias, por mais que queiramos que permaneçam. Por mais que o passado pareça reconfortar a vida não se resume somente a isso. É por isso que existe o Sol e a Lua.
Você acordará de manhã e o Sol estará lá, entrará a noite a Lua estará lá, pra te lembrar de que não há nada insuperável. Os dias prosseguem. E como já dizia Nietzsche, aquilo que não me destrói, fortalece-me.
Tudo é aprendizado, basta você querer enxergar isso!

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Dor.


'...E no meio de tantas coisas descobri que de nada sei, não sei quem sou, não sei quem quero, não sei o que fazer, como agir... Tudo isso porque pessoas passam por várias atitudes por você. Uma hora é um amor, todo seu, com carinho, já em outra nada sabe, nada ver, nada sente. Um que some, outro aparece. E o que faço? Será que ninguém tem sentimento? É chegando e saindo agora que bem entender? Se existe sentimentos lá dentro eu não sei, mas existe aqui... e dói, dói muito...'